SindiRefeições

Refeições coletivas X Fast food

No mercado interno, o desenvolvimento da urbanização e das demandas da vida moderna tem modificado os hábitos de consumo alimentar, conforme crescimento do consumo de alimentos industrializados, ao longo das últimas décadas.

Ao lado dessa modificação de hábitos de consumo houve também evolução nos locais de consumo, onde as refeições fora do lar adquiriram maior importância na vida das pessoas do que as refeições exclusivas no lar.

O segmento de refeições fora do lar (Food Service), como canal de distribuição, apresenta velocidade de crescimento 50% maior do que as taxas de crescimento do varejo alimentício tradicional (supermercados/auto-serviço), justamente pelo fato da população economicamente ativa ter necessidade, nos grandes e médios centros urbanos, de fazerem ao menos uma refeição fora do lar ao dia.

O que é o Food Service?

O mercado Food Service é o fornecimento de mercadorias, produtos e serviços aos estabelecimentos públicos ou privados, que preparam e fornecem alimentação (alimentação preparada fora do lar) aos consumidores. Estes são chamados de “operadores”.

As indústrias fabricantes de alimentos, assim como os produtores de alimentos In Natura, contam com quatro grandes canais de distribuição de seus produtos no mercado interno:

Atacado & distribuição, Varejo, a própria indústria e Food Service. Porém o consumidor final só tem contato direto com dois desses canais, o varejo e o Food Service.

O primeiro é a rede varejista: grande concentração nos supermercados. Nestes, os consumidores adquirem os produtos separadamente para o preparo e consumo em seus lares. E o segundo canal de distribuição ao consumidor final é o Food Service, através do qual os estabelecimentos chamados de “operadores” preparam as refeições para o consumo fora do lar.

O Food Service é bastante amplo, abrange mais de oito sub-canais de distribuição, que podem ser divididos em dois segmentos:

- comercial, onde os serviços de alimentação são a principal fonte de receita (ex.: fast food, delivery, quick service lanchonetes, bares, restaurantes comerciais, rotisserias, refeições coletivas, atacadistas, distribuidores, supermercados, padarias, confeitarias, sorveterias, vending, chocolaterias, cafeterias, etc.).

- não comercial, que oferece o serviço de alimentação como parte de diferencial competitivo mais amplo (ex.:hospitais, clínicas, catering aéreo e de transportes, motéis/pousadas, entre outros).

Na Europa e nos EUA, 40% e 50% da venda de alimentos é destinada ao canal de Food Service, enquanto que no Brasil este número ainda é de 22%. Isso revela um segmento com grande potencial de expansão.

Diferenças entre Refeições Coletivas e Fast Food (Food Service)

A diferença primordial entre as duas categorias: Refeições Coletivas e Fast Food referem-se ao grau de autonomia do indivíduo em relação à unidade.

Quer dizer, o quanto o cliente, paciente, usuário – denominações variadas que designam o ser humano que vai se alimentar nessas unidades – pode escolher entre alimentar-se ali ou não.

Na alimentação coletiva, o ser humano apresenta uma relação de catividade e os níveis dessa relação variam indo desde a dependência quase total – caso dos hospitais, creches, universidades ou trabalho em locais isolados (plataformas de petróleo, prisões e etc.), até a dependência relativa, caso dos locais de trabalho nos centros das cidades ou dos restaurantes universitários, por exemplo.

Destaca-se, ainda, o atendimento de refeições a bordo de aviões, uma modalidade denominada Catering que, embora tenha várias características da alimentação comercial, pelo nível de catividade dos comensais, caracterizam-se como Refeições Coletivas.

No serviço de Food Service (Fast Food) os estabelecimentos devem conquistar os seus consumidores a cada momento, pois eles não apresentam obrigatoriedade nenhuma com relação à unidade. Essas unidades possuem distintas modalidades de restaurantes comerciais (por peso, à la carte, rodízios, self service e etc.), bares, lanchonetes e unidades de fast-food, bem como as outras modalidades de serviço de refeições, incluindo os ambulantes em diversos níveis.